Monocomando radial

Faz comandos manuais no acelerador e do freio.

Ele pode ser instalado somente em veículos equipados com transmissão automática e direção hidráulica. Ele é usado por motoristas com deficiência, em ambos os membros inferiores e em um ou ambos os membros superiores.

Pode aplicar-se para a direita ou para a esquerda do volante de acordo com as necessidades do condutor.

Consiste em uma alavanca sob o volante com dupla função: a aceleração é obtida pressionando para baixo a extremidade do punho da alavanca, enquanto a travagem é conseguido empurrando a alavanca para a frente. Sua localização privilegiada permite-lhe manter o “uso do airbag e o acesso aos vários controles do carro, nunca impeça ou restrinja a orientação daqueles que não usá-lo.

É normalmente usado com um botão ou um controle no volante, mas você também pode dirigí-lo sem qualquer órtese no volante. Neste caso, os botões II para a trompa e o bloqueio do travão para mover a colina são integradas a fim de torná-los operáveis ​​pela mesma mão que utiliza a alavanca.

Versão disponível para fazer a interface e motor.

Na versão de interface com o original pedal de aceleração pode ser restaurada a qualquer momento através de um interruptor convenientemente localizado em relação ao motorista, enquanto a versão no acelerador do motor está sempre ativa.

Em ambas as versões, a alavanca radial tem um sistema de segurança que impede a aceleração quando na frenagem.

A alavanca radial é aprovado pelo Ministério dos Transportes italiano, é a marca CE e passou os testes de compatibilidade eletromagnética.